Poder de cura do Limão

Publicado em Saúde

poder de cura dos limc3b5es4Se não está a incluir limões na sua alimentação talvez reconsidere depois de ler os muitos benefícios para a saúde do sumo, da parte branca e da casca dos limões.

Veja os 13 poderes de cura surpreendentes dos limões:

Limpeza intestinal: O sabor amargo do limão potencia os movimentos peristálticos – movimentos de contracção e relaxação dos intestinos – ajudando a eliminar resíduos e a regular o trânsito intestinal. Beba um pouco de água morna com sumo de um limão todas as manhãs em jejum.

Cancro: Os Limões contêm 22 componentes anti cancerígenos, incluindo limoneno, um óleo natural que reduz ou interrompe o crescimento de tumores cancerígenos. Contêm também uma substância chamada flavonol glicosídeos que interrompe a divisão das células cancerosas.

Constipações e Gripes: Os limões são ricos em vitaminas e flavonoides que funcionam em conjunto para combater eficazmente infecções.

Fígado: Sumo de limão fresco adicionado a um copo de água pela manhã desintoxica o fígado.

Nutrição: Limões contêm vitamina C, ácido cítrico, flavonoides, vitaminas complexo B, cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio e fibra.

Equilíbrio do metabolismo: A componente ácida dos limões interage com o metabolismo produzindo um efeito alcalinizante nos fluidos corporais, ajudando a restabelecer o equilíbrio do pH do organismo.

Alergias: Os limões contem o fitonutriente  hesperedina que comprovadamente alivia de forma eficaz os sintomas alérgicos.

Distúrbios no cérebro e sistema nervoso: O potente fito nutriente tangeretina contido na casca do limão tem demonstrado benefícios em distúrbios cerebrais como a doença de Parkinson.

Distúrbios de visão: A rutina, encontrada nos limões, tem sido apontada em investigações como responsável pela melhoria de sintomas de doenças dos olhos, incluindo retinopatia diabética.

Anti-Viral: Para além de ser eficaz contra as gripes e constipações, o terpeno limonóides contido nos limões tem feitos antivirais comprovados em outros tipos de vírus.

Diabetes: Para além de melhorar problemas de visão associados a diabetes, os limões contem contêm hesperedina que reduz consideravelmente os níveis de açúcar no sangue, quando elevados.

Vesicula biliar e pedras nos rins: O ácido cítrico contido no limão ajuda a dissolver cálculos biliares, depósitos de cálcio e pedras nos rins.

Anti-envelhecimento: A vitamina C contida nos limões ajuda a neutralizar os radicais livres relacionados com o envelhecimento e outros tipos de doenças.

 

Milagre ao alcance da ciência: Limonada com bicarbonato cura o câncer!

Publicado em Saúde

beneficios limaoTomar limonada como água todos os dias, acrescentando uma “colherinha” de bicarbonato é melhor.

O Limão (Citrus limonun Risso, Citrus limon (L.) Burm.., Citrus medica) é um produto milagroso para matar as células cancerosas. É 10.000 vezes mais forte do que a quimioterapia.

Por que isto não é divulgado?

Porque há organizações interessadas em encontrar uma versão sintética que lhes permita obter lucros fabulosos.

Mas, a partir de agora você pode ajudar um amigo que precise informando-lhe que deve beber suco de limão com bicarbonato de sódio para prevenir a doença.

Seu sabor é agradável. E, é claro, não produz os efeitos terríveis da quimioterapia.
E se você tiver lugar plante um pé de limão no seu quintal ou jardim.

Todas as partes da árvore são úteis.

A próxima vez que você quiser beber um suco, peça ou faça-o de limão natural, sem conservantes.

Quantas pessoas morrem, enquanto este segredo tem sido bem
guardado só para não colocar em risco as utilidades multi-bilionárias das grandes corporações?

Como você bem sabe o limoeiro é uma árvore pequena e baixa. Não ocupa muito espaço.
É conhecido pelo nome de limoeiro, pé de limão, lima (em alguns lugares), llimona (cat) limoiaritz (eusk).

É uma fruta cítrica que vem em diferentes formas. Sua polpa pode ser consumida diretamente ou é usada normalmente para fazer bebidas, sorvetes, doces e assim por diante. O interesse desta planta é devido a seus fortes efeitos anti-cancerígenos. E embora lhe sejam atribuídas muitas outras propriedades, o mais interessante sobre ele é o efeito que produz sobre os cistos e tumores.

Esta planta é um remédio comprovado contra o câncer de todos os tipos e o bicarbonato vai mudar o Ph do seu organismo. Alguns dizem que é de grande utilidade em todas as formas de câncer.

É considerado também como um agente anti-microbiano de amplo espectro contra infecções bacterianas e fungos que vivem em lugares ácidos. Acrescentando bicarbonato de sódio em sua limonada você altera o Ph do seu organismo; é eficaz contra parasitas internos e vermes, regula a pressão arterial elevada e é antidepressivo, combate a tensão e os distúrbios nervosos.

A fonte desta informação é fascinante: ela vem de um dos maiores fabricantes de remédios do mundo, que afirma que depois de mais de 20 testes de laboratório realizados desde 1970, ficou provado que o extrato:

1 – Destrói as células malignas em 12 tipos de câncer, incluindo câncer de cólon, de mama, de próstata, de pulmão e do pâncreas …

2 – Os compostos desta árvore mostraram atuar 10.000 vezes melhor, retardando o crescimento das células cancerosas do que a adriamicina, uma droga quimioterápica, normalmente utilizada no mundo.

3 – E o que é ainda mais surpreendente: este tipo de terapia, com o
extrato do limão e bicarbonato, destrói apenas as células malignas do câncer e não afeta as células saudáveis.

Instituto de Ciências da Saúde, L.L.C. 819 N. Charles Street Baltimore, MD 1201.

Fonte: Embora não tenhamos encontrado o site originário desta informação, constatamos que está circulando em diversos sitios nacionais e internacionais, inclusive de ciências no tratamento contra o Cancer. Citamos o site:  http://www.cancers.biz/ para efeito de indicação.

..................................................................

Bicarbonato de sódio confina tumores, sugerem pesquisas

A importância do uso do bicarbonato de sódio para frear o surgimento de metástases tumorais ganha força com resultados recentes de experimentos feitos em camundongos. A substância eleva o pH do ambiente tumoral, o que dificulta a proliferação das células.

“Os testes em animais mostram que o bicarbonato deixa o tumor confinado”, afirma Andres Yunes, pesquisador do Centro Infantil Boldrini, em Campinas, interior paulista.

Os animais tomaram bicarbonato via oral. A acidez dentro de um ambiente tumoral (pH mais baixo) torna a doença mais agressiva, como várias pesquisas já demonstraram.

Com os dois estudos publicados no periódico “Cancer Research”, que reuniu grupos americanos (Arizona e Flórida) e um brasileiro (Boldrini), a hipótese que associa acidez a metástases fica mais robusta.

A tendência é que ela seja examinada em testes em humanos, que devem ser feitos nos EUA, no curto prazo.

De acordo com Yunes, que participou dos estudos ao ajudar a desenvolver um simulador computacional de tumor, existem argumentos para que testes clínicos com o bicarbonato em humanos possam ser feitos também no Brasil.

O modelo de computador, desenvolvido pelo engenheiro Ariosto Silva, hoje na Universidade da Flórida, corrobora a importância da acidez.

A ferramenta simulou o crescimento de um tumor de mama em três dimensões a partir de cenários reais. A substância ideal para neutralizar o tumor teria de ter um pH por volta de 7. O bicarbonato tem um pH de 6,1. Não é o ideal, mas serve.

Porém, os caminhos para frear tumores agressivos, diz Yunes, são vários. Uma saída é interferir diretamente na resistência do tumor à acidez.

“Tudo indica que essa maior resistência é por causa de uma proteína específica”, diz Yunes. Portanto, pode-se pensar em uma droga que aja diretamente sobre ela. O resultado esperado é que o ambiente ácido, antes benéfico, acabe agora se voltando contra as células tumorais.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u581633.shtml

EDUARDO GERAQUE
da Folha de S.Paulo

Comer é um Ato Político

Publicado em Saúde

comerAcordar cedo. Ajeitar a casa. Ir para o Trabalho. Voltar para casa. Pagar conta. Resolver mil problemas. E depois dormir para acordar cedo e recomeçar tudo novamente. A nossa rotina no dia-a-dia normalmente é tão pesada que esquecemos de nos preocupar com o que estamos comendo.

Se o Brasil possuiu durante décadas uma imagem associada a miséria e desnutrição, hoje podemos dizer que esta situação se inverteu. Dados recentes apontam que mais da metade da população brasileira está acima do peso e que 2 em cada 10 pessoas são obesas. Esta é uma situação que gera impactos importantes na saúde em geral da população e merece muitos cuidados.

Entre outros fatores, o aumento na renda do trabalhador e da trabalhadora vivenciado em boa parte da década passada foi responsável por um maior poder aquisitivo que se converteu também em mais alimentos na mesa das famílias brasileiras.

Mas a grande verdade é que comer muito não é sinônimo de comer bem. E de uma maneira em geral, comemos muito mal. Comer bem significa comer de forma equilibrada de acordo com as necessidades do nosso organismo.

Um outro fator importante é a propaganda. Somos bombardeados o tempo inteiro com propagandas de redes de lanchonetes, de alimentos processados e bebidas açucaradas nos fazendo lembrar e nos conduzindo a refeições sempre lotadas de todos os tipos de açúcares, e outras substâncias, que não nos fazem nada bem.

Só para se ter uma ideia, a quantidade de açúcar presente em uma simples latinha de refrigerante é de 37g, enquanto a dose máxima recomendada de açúcar para um dia inteiro é de 25g.

E qual a solução?

A solução para este grave problema não é tão simples. Exige medidas individuais, mas exige também medidas coletivas.

Dentre as medidas individuais, mais do que nunca é importante conhecer o que estamos comendo. A regra é simples: quanto mais natural e menos industrializado, melhor. E sempre que possível, evitar colocar açúcar em comidas e bebidas. Preparar e cuidar dos alimentos em casa exige tempo e esforço, mas deve ser encarado como um investimento na nossa saúde e de nossa família.

No campo coletivo, o trabalho com políticas públicas é essencial. É preciso que haja estímulo para a produção de alimentos orgânicos e saudáveis. A sociedade exige isso e certamente as futuras gerações agradecerão.

Aristóteles Cardona Júnior é Médico de Família no Sertão pernambucano, Professor da Univasf e militante da Frente Brasil Popular de Pernambuco.

Ácaros demodex

Publicado em Saúde

kiiuuA pele humana é composta de bilhões de bactérias amigas que auxiliam os linfócitos produzindo ácidos graxos para dificultar a proliferação de bactérias e fungos que constantemente invadem o nosso organismo através da pele. Essa invasão se dá quando há uma pequena ruptura na pele e, por ali, os invasores procuram sobreviver, se multiplicando dentro do corpo. Quando a pele é invadida pelos inimigos, as células amigas conhecidas como “neutrófilos” e “monócitos” atacam as bactérias invasoras provocando inflamação localizada, além de febre, abscesso ou uma íngua inflamada.

Estamos falando de microrganismos de oito patas que nascem, crescem e morrem nos poros e nas raízes dos pelos especialmente da nossa face.

Esses bichinhos são praticamente inofensivos e não representam ameaça à nossa saúde. Eles são duas espécies: o Demodex folliculorum e o Demodex brevis. Esses ácaros são diferentes dos parasitas muito encontradas em cortinas e tapetes, que provocam alergias respiratórias e de pele, além de coceira e sarna (escabiose).

Eles pertencem ao filo dos artrópodes, por isso sua estrutura pode ser comparada com a dos insetos e caranguejos, mas os parentes mais próximos são as aranhas e os carrapatos. Os ácaros do gênero Demodex têm oito patas curtas e grossas localizadas perto da cabeça. Seu corpo é alongado, como o de uma minhoca.

Enquanto o Demodex Folliculorum vive em poros e folículos pilosos, o Demodex Brevis se instala em glândulas sebáceas.

Como nosso rosto tem mais concentração de glândulas e poros maiores que no resto do corpo, isso explica a preferência dos inquilinos nessa região.

Há registros da presença desses ácaros no rosto humano desde 1842, mas só em 2014 é que os cientistas realmente descobriram que esses seres microscópicos estão em todas as faces.

Uma pesquisa feita pela bióloga Megan Thoemmens, da Universidade da Carolina do Norte, revelou que havia DNA dos ácaros no rosto de todos os voluntários do estudo. No entanto, só em 14% daquelas pessoas, foi possível ver os inquilinos realmente.

A pesquisadora disse ser impossível quantificar os ácaros no rosto, mas que tinham pelo menos centenas deles. Ela também deu uma estimativa surpreendente: que apenas nos cílios poderíamos ter dois mil ácaros. Esses microrganismos que se abrigam em nosso corpo devem se alimentar de gorduras e células mortas que se acumulam na camada da pele, entre os poros.

Outro mistério é a forma como eles se reproduzem. Um grupo de cientistas conseguiu filmar uma fêmea colocando ovos em torno dos poros de um rosto, e ficaram impressionados com o tamanho dele. Isso porque cada ovo mede quase metade do corpo da mãe.

Outra coisa interessante é que esses ácaros não possuem ânus, ou seja, provavelmente não eliminam toxinas, acumulando-as até a morte.

Quando a pessoa morre, esses bichinhos consomem a pele e os órgãos internos do defunto. À medida que se alimentam do cadáver, eles crescem rapidamente até tornarem-se visíveis, à olho nu. Uma vez consumido as carnes e vísceras do defunto, eles passam a comerem uns aos outros até se exterminarem, restando somente o esqueleto do morto. A Bíblia registra o caso do rei Herodes Agripa que, ainda com vida, teve seu corpo consumido por esses bichinhos. Ler Atos 12: 19-23.

_________________________________________________

*Wilson Dias, Naturopata (CREMEN 02.1505); Naturoterapeuta, com especialização em Irisdiagnose e nutrição natural.

Celulares para Contatos: (74) 98102-0013 - Claro; (74)98813-6566 - Oi; (74) 99144-8366 – TIM; (74) 99949-9038 – VIVO; E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Site: www.terapeutasdobrasil.com; Facebook: Escritor Wilson Dias - www.facebook.com/escritorwilson.dias

Como se proteger de todas as doenças

Publicado em Saúde

proteger doencas 634x280"Nenhuma doença, inclusive o câncer, pode existir em um ambiente alcalino". 

Dr. Otto Warburg, prêmio Nobel da Medicina em 1931.

Muitas pessoas estão mais propensas a contrair doenças do que outras, e isso é uma coisa que muita gente não entende, mas de acordo com médicos especialistas, isso tem a ver com a acidez do corpo.

Um médico alemão chamado Otto Heinrich Warburg descobriu que a principal causa do câncer é a falta de oxigênio e as células cancerosas se alimentam de açúcar.

De acordo com o médico a causa principal do câncer é a substituição da respiração de oxigênio nas células normais do corpo por uma fermentação do açúcar.

Quando o corpo humano tem deficiência de oxigênio, ele fica em estado de acidez. O médico também disse que as células cancerosas são anaeróbicas, ou seja, não respiram oxigênio, e não podem sobreviver com altos níveis de oxigênio, que acontece quando o corpo fica no estado alcalino.

A nossa alimentação tem um papel muito importante nos níveis adequados do pH do corpo. O equilíbrio do pH significa também o equilíbrio de ácido e alcalino em todas as células do organismo. Para ter um corpo saudável e imune a doenças, é necessário equilibrar o pH do sangue em um nível alcalino de 7,3.

Pessoas com níveis altos de pH ácido tem um sangue intoxicado, essa acidez pode interromper as funções e atividades celulares. O corpo ácido pode ocasionar a queda da imunidade e muitos problemas sérios de saúde, como osteoporose, diabetes, doenças cardiovasculares e câncer.

Alimentos que tornam o corpo alcalino

Os alimentos que fazem o corpo ficar alcalino e livre das doenças como o câncer são: a cebola, alho, pepino, limão e folhas ricas em clorofila.

Receitas para alcalinizar o corpo

Receita 1

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de suco de limão espremido na hora
  • 1/3 colher de chá de bicarbonato de sódio use os vendidos nas farmácias

Como preparar

Ponha o suco de limão no copo e vá colocando o bicarbonato de sódio aos poucos. Coloque bicarbonato até a bebida parar a efervescência. Em seguida acrescente 200 ml de água.

Essa receita não pode ser ingerida por pessoas hipertensas por causa do bicarbonato.

Receita 2

Ingredientes

  • 1 limão
  • 2 litros de água

Modo de preparar

Coloque os 2 litros de água numa jarra. Corte o limão em 8 partes, sem espremer e sem tirar a casca. Ponha os pedaços de limão dentro da água e espere descansar por 8 horas. Consuma a bebida alcalina ao longo do dia e essa bebida pode ser ingerida por pessoas hipertensas.

Portanto, para se proteger de todas as doenças, evite que o seu corpo fique ácido, para isso, beba uma das receitas acima e consuma os alimentos que deixarão seu corpo alcalino e saudável.

 

Fonte; corposaudavel/Foto: Divulgação