Festival de Fanfarras em Casa Nova

Publicado em Casa Nova

Festival de Fanfarras movimentou uma multidão em Casa Nova

DSC 2749Um espetáculo de som, coreografia e cores tomou conta deste domingo, 21, último dia de comemoração da festa de aniversário de Casa Nova. O motivo foi à realização do Iº Festival de Fanfarras da cidade.

Mais de 20 grupos se apresentaram no pátio de eventos levando uma multidão para prestigiar o evento. Segundo a coordenação da festa, ao mais de cinco mil pessoas passam pelo local. Apresentaram-se 20 bandas das cidades da região e de Pernambuco. "Muito lindo. As roupas, as coreografias, tudo bem ensaiado. Gostei muito desse evento", comenta a estudante e moradora do bairro Borges Aline Gonçalves. 

Para o coordenador de Cultura e Turismo do município, Luciano Correia, o evento é importante, uma vez que mantém a tradição da cidade.  "Esse é o traço forte de nossa juventude. Estamos desenvolvendo um trabalho muito bom e daremos continuidade com o apoio da gestão municipal", garante. 

O evento contou com a participação do presidente da Liga Cultural de Bandas Musicais da Bahia (Licbamba), Luiz Carlos, e do produtor da Associação Norte Nordeste de Bandas e Fanfarras, Ernandes Soares de Lira. Luiz Carlos teceu elogios à organização do festival e convidou a prefeitura a cadastrar a fanfarra municipal na Liga estadual. "Juntos somos fortes e Casa Nova mostrou que é um grande celeiro de talentos. A Fanfarra da cidade é excelente e participando de nossos torneios e eventos vai ajudar a divulgar as belezas e a cultura dessa terra", comenta. 

DSC 2672Ernandes Soares também endossou o coro dos elogios. "Foi impecável. A organização foi exemplar e tudo ficou lindo. Estou satisfeito e creio que foi um grande acerto da gestão municipal. Casa Nova é um dos destaques do Norte e Nordeste", pontua. Sobre a importância de eventos como este, o produtor destacou o papel das bandas na formação cidadã dos componentes. "As fanfarras cumprem um papel social muito importante: ajuda a manter a juventude longe dos vícios, colaborar na propagação de valores como disciplina, atividades em grupo, amizade e família", destaca.

Encerrando a noite das apresentações, a Famec (Fanfarra Municipal de Casa Nova), levou o público ao delírio. Com novos fardamentos e instrumentos doados pela prefeitura, a banda fez uma apresentação que levantou a torcida quando cantou os parabéns para a cidade. A banda, que é regida por Moises Borges, se apresentou com 65 componentes. 

Para o prefeito Wilson Cota, o festival é, além de uma ação sócio educativa que fomenta a arte e o entretenimento, uma oportunidade  de  valorização do talento jovem e da cultura local. O prefeito solicitou que a coordenação de Cultura da cidade trabalhe no credenciamento da fanfarra municipal na Liga estadual. "O que vimos hoje aqui foi um grande espetáculo. Nosso papel de ajudar e fomentar essa tradição continuará sendo feito. Casa Nova merece e terá uma grande fanfarra".

Crianças do PETI participam de festa junina

Publicado em Casa Nova

Casa Nova: Crianças atendidas pelo PETI participam de festa junina 

Aogt8 jqEVFZT4zNiBNEEI0PxZ9d3xlaoJ oiDHil ZUComidas típicas, danças e muitas brincadeiras marcaram as comemorações dos festejos juninos das crianças atendidas pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) de Casa Nova. O evento aconteceu na última sexta-feira (19), na sede da do programa e contou com a participação da secretária Assistência Social, Cristiane Dias e da primeira dama do município, Joelma Cota.

Vestidos a caráter com roupas xadrez, calças com remendos, adereços e chapéus de palha, as 90 crianças atendidas pelo programa realizaram durante toda a tarde apresentações culturais e se confraternizaram ao som de muito forró e lancharam comidas típicas da época.

Para a secretária de Assistência Social, a comemoração resgatou antigas brincadeiras e contribuiu para desenvolver o aprendizado das crianças. "O São João é uma festa tradicional que está mais ligada a nossa região. Nosso objetivo é celebrar esse momento", disse Cristiane.

 

Ativa

SAAE de Casa Nova firma acordo com a CEF

Publicado em Casa Nova

SAAE Casa Nova firma acordo para recebimento de contas com a Caixa Econômica

Convênio CaixaO Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Casa Nova (SAAE) firmou acordo com a Caixa Econômica Federal para recebimento de contas em seus bancos e correspondentes bancários já a partir da próxima semana. O acordo visa facilitar para os contribuintes o pagamento das contas de água, por meio de débito automático, recebimento em caixas da agência e também dos correspondentes da Caixa.

“Esse acordo favorece o consumidor, que terá a partir de agora mais um opção para pagamento da conta. Esse acordo vem para facilitar a vida de toda a população de Casa Nova”, declarou o diretor do SAAE, Fredson Costa, o popular Fred da Colônia.

No município, o usuário do serviço de água poderá pagar sua conta mensal nos correspondentes bancários da Caixa Econômica e na Lotérica que funcionam na sede e nos distritos de Santana do Sobrado e Pau a Pique. De acordo com Joseilson Ferreira, gerente do banco, em breve a população de Bem Bom também contará com um correspondente da Caixa e poderá fazer seus pagamentos.

Ativa
 
 
 

Dagmar Nogueira vai precisar de 9 votos

Publicado em Casa Nova

A ex-prefeita de Casa Nova, Dagmar Nogueira, vai precisar de 9 votos para derrubar o parecer do TCM que opinou pela rejeição de suas contas, afirma Zé Eduardo

SAM 0938O vereador e presidente da Câmara Municipal de Casa Nova, José Eduardo, falando para a imprensa, disse no último dia 20 de junho, no aniversario da cidade que a ex-prefeita Dagmar Nogueira está equivocada sobre o julgamento das suas contas referentes ao exercício do ano de 2007. O vereador afirmou que quem faz as leis é o Congresso Nacional, o qual definiu que o julgamento das contas dos prefeitos cabe ao poder legislativo de cada cidade, no caso de Casa Nova cabe a Câmara Municipal.

“A Constituição é bem clara e quem julga as contas dos prefeitos são as câmaras municipais, independente de prazo, cabendo aos tribunais de contas apenas opinar. Depois de uma fiscalização, a resolução que a câmara aprovou essa semana independe do que ela pensa. Foi para definir critérios e para garantir a Dagmar o direito de ampla defesa  e não perseguição. Se eu não colocar as contas de Dona Dagmar para serem votadas, trava a pauta da câmara. A orientação do Tribunal de Contas é que as contas sejam votadas e depois enviadas para o Ministério Publico dar o seu parecer ”, esclareceu Zé Eduardo.

O vereador Zé Eduardo ainda relata que é apenas o juiz da casa legislativa e não estaria fazendo “lobby” junto as vereadores para votar contra as contas da ex-prefeita. Segundo ele, Dagmar teria passado batida onde teve ampla representatividade na legislativa anterior para aprovar as suas contas em detrimento das de 2007, já que as de 2008 teve um parecer favorável do TC. 

Segundo o presidente Zé Eduardo, é muito difícil a ex-prefeita ser candidata, já que a mesma tem várias contas rejeitas transitadas e julgadas em última instância pelo TCU.” Dona Dagmar não precisa se preocupar com esse julgamento na Câmara”, finalizou o vereador.

Eduardo disse ainda que a ex-prefeita vai ter o direito democrático de se defender, e quem sabe, ela convença aos vereadores votarem contra o parecer do TCM que opinou pela rejeição. Dos treze vereadores, a ex-prefeita precisa ter o apoio de no mínimo, NOVE.  O vereador Pinto já disse que seu voto só será decidido na hora da votação. Enquanto que o Edil Hélber do Né, mesmo fazendo parte da bancada do prefeito Wilson Cota, já antecipou dizendo que vota a favor de Dagmar.

Há quem aposte que Dagmar, o máximo que poderá conseguir, serão oito votos. Ela precisa de nove.

 

Foto: Divulgação

Casa Nova: 136 Anos de Emancipação

Publicado em Casa Nova

DSC 2167Com uma grande festa, a cidade de Casa Nova celebrou, no ultimo final de semana, os 136 anos de emancipação política e os 39 anos de construção da nova cidade. 

No sábado, a solenidade começou com uma alvorada. A Fanfarra Municipal (FAMEC), apoiada pela administração municipal, percorreu as ruas da cidade convidando a população para a celebração.  Seguindo o protocolo, o prefeito Wilson Cota, o presidente da Câmara, José Eduardo, e o subtenente da PM, Teixeira, hastearam as bandeiras da Nação, do Estado e do Município.

Com 39 metros, o bolo em comemoração a data foi distribuído para a população. O primeiro pedaço foi entregue ao estudante de oito anos da rede municipal, José Hernandes, morador da Vila Papelão. De acordo com o prefeito, o garoto 'representa o futuro que a gestão municipal está construindo'.  "Foi um momento muito bonito. Nunca na história da nossa cidade tivemos uma comemoração como essa. Gostei de tudo, inclusive, do bolo (risos)", comenta a moradora da Vila Mansur, Rita da Silva.

À noite, a festa começou com a apresentação da quadrilha local, Império Nordestino, com a participação do grupo de Caretas e com a apresentação dos ministérios de música gospel Luiz Estevam e Bruno Reyner. O forró do cantor Del Feliz animou os presentes no pátio de eventos. Del, que compôs uma música em homenagem a Casa Nova, apresentou um repertório mesclando músicas do seu CD e grandes clássicos do gênero.

Como todo aniversário tem surpresas, a festa em Casa Nova não seria diferente. O cantor de renome nacional Adelmo Casé fez uma participação no show. A dupla casanovense Rudson e Gustavo encerrou a comemoração da noite de aniversário da cidade. A grade de atração agradou ao estudante Erivelton Dias. "A festa está excelente. Teve espaço para a nossa cultura, para as manifestações religiosas e para dançar o forró, afinal, é junho!", pontua.

No domingo, Casa Nova foi palco de um festival de fanfarras. Mais de 20 bandas de várias cidades da Bahia e Pernambuco se apresentaram no local. "Cada uma mais linda do que a outra. É um trabalho fantástico", ressalta  a dona de casa Sandra Menezes.

O prefeito Wilson Cota agradeceu o empenho da equipe organizadora e destacou a importância de ter realizado a festa. "Precisamos comemorar essa data todo ano, do mesmo jeito que fazemos festa no nosso aniversário. Casa Nova é nossa terra querida e merece toda  a festa possível que foi organizada com muito carinho pela nossa equipe que gostaria de agradecer empenho", finaliza o alcaide.

 

Materia completa no Impresso