Diretor do SAAE de Juazeiro denuncia integrante da oposição à OAB por má conduta e atos criminosos

Ligado . Publicado em Juazeiro

thumbnail Denúncia Joaquim NetoO diretor-presidente do Serviço Autônomo de Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), Joaquim Neto, denunciou à Ordem dos Advogados do Brasil Seção Bahia (OBA-BA), o senhor Jacson Bosco dos Santos, por atos antiéticos e criminosos, como calúnia, difamação e injúria.

Integrante da oposição de Juazeiro que ultimamente vem se valendo das redes sociais para soltar vídeos e áudios ‘piratas’ sem autoria, Jacson tomou a frente do grupo e publicou mensagens se identificando e direcionando acusações, como ao ex-prefeito e atual Assessor de Planejamento, Isaac Carvalho, ao prefeito Paulo Bomfim e diversos integrantes da gestão municipal, demonstrando claramente, descontrole emocional. Provavelmente, devido às derrotas eleitorais dos últimos anos.

Nos últimos anos, a cidade obteve êxito em praticamente todas as áreas, como na educação, habitação, saúde e também em saneamento e abastecimento d’água, diferente da oposição que Jacson de Maria de Bosco (como é conhecido) representa, que teve nomes envolvidos no maior escândalo de corrupção da Região Norte, com desvio de mais de R$80 milhões do saneamento do bairro Itaberaba, na Operação “Boca de Lobo”, da Polícia Federal, que resultou na prisão de vários personagens que hoje se encontram ao seu lado.

Assim como Joaquim Neto, o ex-prefeito Isaac já propôs ao Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-BA uma investigação sobre conduta reprovável do advogado em questão. Acredita-se que a instituição republicana não acata tal comportamento criminoso. Outros caluniados por Jacson também irão se manifestar sobre os ataques sofridos, tanto na OAB quanto na esfera da justiça.

 

Ascom/SAAE