Marcos Palmeira: "Falta respeito, falta vergonha; falta gestão".

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

thumbnail Marcos Palmeira na rádio ZabelêMarcos Palmeira, advogado e militante do PC do B de Remanso foi nesta quarta-feira (21/02) à Rádio Comunitária Zabelê e fez uma análise irrepreensível da atual gestão municipal, com dados e fatos que deixam o assalto cometido pelo gestor anterior, preso com a quadrilha que comandava, com cara de batedor barato de carteira.

Desde a criação de 400 cargos, todos com taxas de gratificação superiores a 100% até o pagamento de mais de um milhão de reais a duas empresas de construção sem que nenhuma obra exista, passando pelas dívidas milionárias com fornecedores, prestadores de serviço, funcionários e contratados, nada ficou fora do olhar atento de Marcos Palmeira.

Mostrou que o orçamento de 2017, elaborado e aprovado em 2016, estimava uma receita de 82 milhões de reais e ao final a receita foi 5 milhões a mais: “Ele já sabia qual era a sua receita e recebeu a mais. Ele deve uns 10 milhões ao comércio de Remanso e aos servidores públicos. Porque isso aconteceu? Isso é falta de planejamento! Isso é incompetência! Falta de respeito à população de nossa cidade! ”

Zé Filho, em 2017, encerrou as aulas nas escolas do interior antes de completar os 200 dias aula exigidos e este ano começa as aulas em março. De novo não terá 200 dias aula. Marcos Palmeira mostrou porque: “Tudo isso para economizar com o transporte escolar e com a merenda escolar. O que menos preocupa é o aprendizado do aluno, mas sim o pagamento do transporte escolar e com a merenda”.

E foi direto na ferida que deixa à mostra o desvio: “Mas não sei porque essa preocupação! Ele pagou ano passado mais de 5 milhões de reais e pelo que sabemos ele deve mais 5 milhões com transporte. Esse ano ainda não teve aula, mas ele já gastou quase um milhão com a empresa de transporte que presta serviço ao município! ”

O que já deu cadeia para outros gestores Zé Filho faz sem temer e sem tremer: Embolsa o desconto dos financiamentos consignados. Nada de repassar à instituição financeira e Marcos arremata: “Que o diga a Caixa Econômica Federal! ”

Mostrou que a oposição “tem sido combativa”: Condenou a lei que criou os cargos de marajás, lutou contra a taxa de água e fiscaliza a merenda nas escolas. Denuncia os desvios. Tem ido ao Ministério Público. Elogiou a ação da sociedade civil organizada, a APLB, o sindicato dos servidores.

E deplorou a situação do povo do interior do município: “A situação está ruim aqui na cidade? Nossos irmãos do interior estão piores. Um ano e dois meses de gestão e não há um metro de estrada patrolada, um barreiro limpo, um poço artesiano instalado”.

“A partir de agora vamos cobrar mais ainda! ” – Garantiu em nome da oposição. Acompanharam Marcos os vereadores Didi, Marechal, João do Pinga Pinga e Humberto; o Presidente do PC do B em Remanso, Vavá Costa e o Presidente do PR, Eulálio Braga.

 

ASCOM PC do B - Remanso/Manoel Leão - Jornalista

Traficantes em Remanso começam o ano com as mão pra trás

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

IMG 20180101 WA003725 CIPM e Policia Civil erradicam plantio de maconha, apreendem armas de fogo, e prendem traficantes em Remanso.

Em data de 01/01/2018, equipe das policias civil e militar efetuaram as prisões de Anailton da Silva Ferreira e Ailton da Silva Ferreira, pelos  crimes de trafico de drogas e posse de armas de fogo. Na diligencia, foi erradicada uma plantação de maconha; apreendida uma grande quantidade da mesma, pronta para consumo; um revolver calibre 38 de numeração suprimida; uma espingarda calibre 32; uma espingarda de fabricação caseira; alem de diversos outros materiais. Os indivíduos, juntamente com todo o material apreendido, foram encaminhados à Delegacia de Policia para a adoção dos procedimentos pertinentes.

 

 

Fonte da informação: TEN PM GILLIANDERSON - Comandante do 3 Pelotão / Remanso

IMG 20180101 WA0039 1

IMG 20180101 WA0038

 

IMG 20180101 WA0040

MP aconselha Câmara Municipal de Remanso empossar os suplentes

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

operac1Após pedido de cassação do MP, Câmara decide manter mandato de vereadores suspeitos de desvios de R$ 10 milhões. Edis acharam melhor esperar pelo julgamento dos investigados antes de decidirem sobre a situação dos mandatos, em Remanso, no norte do estado.

Cinco dias após o Ministério Público da Bahia (MP-BA) ter pedido a cassação dos vereadores e suplentes denunciados na “Operação Carro Fantasma” em Remanso, no norte do estado, a Casa Legislativa da cidade decidiu, de forma unânime, manter o mandato dos colegas investigados por organização criminosa e peculato.

Os vereadores que participaram da sessão justificaram que achavam melhor esperar pelo julgamento dos vereadores investigados antes de decidirem sobre a situação dos mandatos. O pedido do MP foi feito no dia 7 de dezembro e a votação na Câmara ocorreu na terça-feira (12).

Os vereadores José Ailton Rodrigues da Silva (PTC), Renata Lemos Rosal do Valle (PSC), o presidente da Câmara Cândido Francelino de Almeida (DEM) , Mailto de Franca Brito (PSD), Domingo Sávio Ferreira de Castro (PSD), Cristiano José Moura Marques (PT) e os suplentes Tomaz Neto Rodrigues da Silva (PRP) e Jorge Brito Alves (PR) foram denunciados por suposto envolvimento no esquema que teria desviado quase R$ 10 milhões dos cofres da prefeitura de Remanso.

Além dos vereadores, o ex-prefeito de Remanso, Celso Silva e Souza e o irmão dele e ex-secretário de Administração e Finanças, Arismar Silva e Souza, são acusados de participar de um esquema de corrupção de fraudes em licitações para aluguel de veículos. Segundo a denúncia, o dinheiro era desviado através da empresa JMC Construtora, que tem como sócio o empresário José Mário da Conceição.

A operação "Carro Fantasma" da Polícia Rodoviária e do Ministério Público foi realizada no fim de novembro. Durante a ação, doze mandados de prisão preventiva foram cumpridos, como também seis mandados de condução coercitiva e dezoito de busca e apreensão. Segundo o MP-BA, nesta quinta-feira, (14) Todas as 12pessoas continuam presas preventivamente, sem previsão de soltura.

Foram dez meses de investigação. Dos vereadores investigados, cinco estão detidos no presídio de Juazeiro. O empresário envolvido e o ex- secretário de finanças de Remanso também estão na unidade. Já o ex- prefeito da cidade está no presídio de Serrinha.

Operação

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) deflagrou, na manhã do dia 21 de novembro, a operação que apontou que os integrantes do grupo criminoso desviaram cerca de R$ 10 milhões por intermédio da empresa JMC Construtora, Comércio e Serviços Ltda.

A ação contou com o apoio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Investigação (CSI), Centro de Apoio Operacional às Promotorias Criminais (Caocrim), Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção à Moralidade Administrativa (Caopam) e da Promotoria de Justiça Regional de Juazeiro.

A operação ainda teve a participação de promotores de Justiça dos estados da Bahia, Piauí e Pernambuco, das Polícias Rodoviária Federal, Civil e Militar que auxiliaram no cumprimento dos mandados nos municípios de Remanso e Araci, na Bahia, São Raimundo Nonato, no Piauí, e Petrolina, em Pernambuco.

Alessandro Nunes comentou a operação “Carro Fantasma” em Remanso

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

PARTIDO VERDE DE REMANSO COMENTA SOBRE A OPERAÇÃO “CARRO FANTASMA” DESENCADEADA PELO MINISTÉRIO PUBLICO.

thumbnail CamaraO Presidente do Partido Verde da cidade de Remanso que fica ao norte do estado da Bahia Alessandro Nunes comentou a respeito da operação “Carro Fantasma” desencadeada na cidade de Remansi dia 21/11/2017. Para Alessandro a operação foi um sucesso e a população que estava desacreditada, passou a acreditar mais na Justiça.

“Tenho certeza que essa operação mudara muitas coisas em nossa cidade, o povo não aguenta mais tantas coisas erradas e nada podiam fazer a não ser aceitar os erros cometidos pelos maus gestores e maus servidores públicos do município. Para se ter ideia em menos de 2 meses tivemos 2 escândalos na cidade envolvendo políticos, corrupção e dinheiro publico, um deles foi a operação que esta apurando possíveis crimes de Peculato, Corrupção Passiva, Falsidade ideológica, além de fraudes em licitações e anistia de contas no valor aproximadamente de R$ 300.000,00 (Trezentos Mil Reais) do SAAE e agora a Operação Carro Fantasma que basicamente se refere aos mesmos crimes da operação do SAAE só que nessa a suspeita aponta que os integrantes do grupo desviaram cerca de R$ 13.000.000,00 (Treze Milhões de Reais) através de fraude em processos licitatórios para locação de veículos e esse dinheiro público possa ter sido utilizado para custear gastos particulares, financiamento de campanha e compra de apoio político.

Agora a uma luz no fim do túnel que começou a brilhar e quem estiver pactuando com coisas erradas que coloquem as barbas de molho por que a população viu que a justiça funciona e vão começar a denunciar. Ao meu ponto de vista o atual gestor de Remanso deveria afastar das funções os funcionários envolvidos nesta operação até que seja apurada ou não a participação da pessoa nos eventuais crimes. Poxa tem pessoa que mexe com o financeiro da prefeitura e esta envolvido na operação será que o gestor ainda tem coragem de deixar uma pessoa dessa no cargo? Uma outra coisa, tem pessoas que me procuram indignadas para falar que tem carros contratados a 2, 3 e até mesmo 4 gestões, inclusive trabalhando na atual gestão e são sempre os mesmos carros e as mesmas pessoas que trabalham para a prefeitura nos cargos comissionados ou temporários. Então possa ser que a pratica delituosa ainda esteja acontecendo. Ai pergunto: Por que isso não muda? Por que são sempre os mesmos carros e as mesmas pessoas? ”

Finalizando Alessandro Nunes falou que a operação foi louvável e que isso sirva de alerta para aqueles que gostam de usurpar o erário público e que no final desse processo que sejam condenados os culpados e absolvidos os inocentes, ele também agradeceu aos policiais e a todos do Ministério Público envolvidos nessa operação.

 

Por Alessandro Nunes/Presidente do PV

Operação CARRO FANTASMA prende o ex-prefeito Remanso

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

IMAGEM NOTICIA 0 1Ministério Público da Bahia (MP-BA), em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou nesta terça-feira (21) uma operação contra fraudes em licitações nas cidades de Juazeiro e Remanso, no norte baiano.

No total, a força-tarefa prevê o cumprimento de 12 mandados de prisão e seis de condução coercitiva. Mandados de busca e apreensão também devem ser cumpridos pela operação.

Entre os presos, segundo fonte do BNews, estão cinco vereadores de Remanso e alguns funcionários públicos.

O grupo é acusado de fraudar licitação e desviar verba pública. Na ação, foi apreendida uma quantia considerável em dinheiro.

Fonte da informação: bocaonews/Fotos: Divulgação

 

Pessoas envolvidas no escândalo "CARRO FANTASMA".

Dr. Celso ex-prefeito
Arismar irmão do ex-prefeito
Doutor - Vereador
Renata - Vereadora
Mailto - Vereador
Domingo Sávio - Vereador 
Jorge Brito ex-Vereador
Luiz Celso
Dr. Cristiano - Vereador
Cândido - Vereador e Presidente da Câmara
José Mario JMC
Erasmo
Felipe Costa
Josafá Almeida
Dionísio Dias
Poliana
Aristofanes 
Ulisses 
Adeildo
Dinaldo
Jorge Fladson
Ana Ribeiro
Francisco Evangelista
Adilson Santos 
Pedro de Souza e Silva 
Fernando Lopes
Paulo Marcos
Isaac Santana 
José Carlos
Cléa Gomes
Erica Regine
Luiz Henrique