"Carinho dos baianos me motiva a continuar na luta", diz Lídice

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

 
bonfimA senadora Lídice da Mata (PSB-BA) classificou com energizante a sua passagem pelo cortejo de oito quilômetros da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, até a Basílica de Senhor do Bonfim, no bairro de Itapagipe, em Salvador, nesta quinta-feira (11). Ao longo do trajeto, a parlamentar foi cumprimentada por populares, servidores públicos estaduais e municipais, policiais e baianas. "O carinho dos baianos me motiva a continuar na luta. Cada manifestação de apoio faz com que eu siga confiante para enfrentar os desafios de 2018", afirmou. 
Lídice saiu no cortejo oficial acompanhada do governador Rui Costa (PT) e, em seguida, passou por diversas alas como a do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do PSB, que tinha ainda o deputado federal Bebeto Galvão, os estaduais Angelo Almeida e Fabíola Mansur e os vereadores Silvio Humberto (Salvador) e Edivaldo Palhaço (Lauro de Freitas) e os secretários do partido, Rodrigo Hita e Domingos Leonelli, bem como dos militantes socialistas. 
A senadora baiana também fez uma breve visita às Obras Sociais Irmã Dulce, que ela sempre destina recursos, acompanhada do ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha e da senadora e presidente Nacional do PT, Gleisi Hoffman.
Ao fim do cortejo, que a senadora levou mais de seis horas para cumprir, Lídice ainda deixou uma mensagem para os baianos. "Essa é uma caminha da fé, da esperança em dias melhores e eu quero deixar um grande abraço cheio de esperança que em 2018 o Brasil e os brasileiros possam sonhar com dias melhores", finalizou.
 
Assessoria
 
Senadora Lídice da Mata (PSB-BA)

Número de transatlânticos que chegam à Bahia aumenta 8,4%

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

rioooooooPara a temporada de verão na Bahia, em 2018, são esperados mais de 5,6 milhões de turistas. Por mar, terra e ar, os turistas chegam a Salvador e a diversas cidades do interior baiano, gerando uma ocupação de 80% a 100%, durante todo o período. Na manhã desta terça-feira (16), foi a vez do transatlântico MSC Preziosa atracar na capital baiana, com mais de 4 mil pessoas a bordo.

“Esse número ampliado de turistas se deve à aplicação de recursos em mídia digital e à participação em feiras nacionais e internacionais do segmento, que permitiu o contato direto com quem vende o destino Bahia, tais como agentes de viagens e operadores”, destaca o secretário estadual de Turismo, José Alves. As estratégicas adotadas pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur) também envolvem as companhias de navio. “Intensificar esse contato resultou em um crescimento de 8,4% no número de transatlânticos que visitam o estado”.

Outro fator determinante para o incremento do turismo é a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o querosene de aviação, que passou de 18% para 12%. Adotada pelo Governo do Estado em maio, explica o secretário, a medida teve "reflexo imediato, pois permitiu que as companhias aéreas oferecessem mais voos. No ano passado, nessa mesma época, tivemos 1,5 mil voos extras e, nesse ano, são 3.453”.     

Nesta quarta-feira (17), mais dois navios desembarcam na capital: o MSC Música e o Costa Favolosa. Juntos, os transatlânticos têm capacidade para quase sete mil pessoas. 

Receptivo

A alegria e a hospitalidade da Bahia são exploradas no momento de recepção do turista. “Música, ícones como as baianas, pontos turísticos e ampla programação artística e cultural são armas utilizadas para fidelizar o visitante”, relata a coordenadora de Informações Turísticas e Atendimento da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), Tatiana Harfush.

Mais de dois mil profissionais receberam treinamento intenso em 2017 para promover um receptivo focado, principalmente, em consolidar a relação com os turistas. “Quem chega à Bahia, hoje, é muito bem recebido. O trabalhador do turismo precisa entender que se trata de uma atividade econômica que movimenta 59 segmentos da economia, gerando emprego e renda”, alerta o titular da Setur. 

De São José do Rio Preto, no interior paulista, a auxiliar administrativa Mariana Martins desembarcou no MSC Preziosa nesta terça (16). Ela já esteve em Salvador, mas ainda não conhecia pontos importantes. “Dessa vez, irei ao Pelourinho. Minhas expectativas são ótimas, pois gosto muito da Bahia”. O marido dela, o também auxiliar administrativo Anderson Peres, ressalta que “em se tratando de Salvador, a perspectiva é muito boa, principalmente para comer o famoso acarajé”.

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Secom

Juízes pedem reforço para o julgamento de Lula

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

cjp20171223021 djEm visita à ministra Cármen Lúcia no STF (Supremo Tribunal Federal) nesta segunda (15), o presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Veloso, pediu reforço de segurança para o prédio e os juízes do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) em razão do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Veloso disse estar "muito preocupado" com as ameaças de que teve conhecimento, sobretudo as veiculadas em redes sociais. Ele disse que levará a diretoria da Ajufe para visitar o TRF-4 no próximo dia 22 para "prestar solidariedade ao tribunal". O julgamento do recurso de Lula está marcado para o dia 24.

O representante dos juízes federais levou na tarde desta segunda um pedido de providências ao ministro da Justiça, Torquato Jardim.

"Vamos levar um pedido para que ele [Jardim] tome medidas acautelatórias e apure as responsabilidades já dos atos convocatórios. Primeiro, se o patrimônio público está ameaçado, é preciso que os órgãos da segurança pública, tanto o federal quanto o estadual, tomem as providências no sentido de garantir que os prédios públicos sejam preservados. Segundo, a questão da segurança dos magistrados, porque uma das principais questões que a Ajufe defende e defenderá sempre é a independência dos juízes", declarou.

"A ministra [Cármen Lúcia] falou que o CNJ [Conselho Nacional de Justiça] é o órgão [do Judiciário] encarregado da segurança dos prédios públicos. Diante disso, nós vamos encaminhar ainda hoje um ofício ao CNJ pedindo providências."

De acordo com Veloso, os magistrados do TRF-4 e seus familiares já tiveram sua segurança reforçada, tanto por agentes do próprio tribunal como da Polícia Federal.

Na manhã desta segunda, Cármen Lúcia também recebeu no Supremo o presidente do TRF-4, o desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores, para tratar da segurança no dia do julgamento.

Às 16h30, houve audiência entre o desembargador e a procuradora-geral, Raquel Dodge.

'ALARDE DESNECESSÁRIO'

Para Veloso, está havendo um "alarde desnecessário" em torno do julgamento do recurso de Lula na segunda instância da Justiça Federal, porque não será ainda a decisão final.

"Está havendo um alarde sobre esse julgamento desnecessário, porque o Brasil é pródigo em recursos. Caso venha a ser confirmada a sentença, haverá possibilidade de recurso para o STJ [Superior Tribunal de Justiça], haverá possibilidade de recurso para o STF, e dependendo de haver maioria ou não, o próprio tribunal pode ser um destinatário de recursos", disse.

"O deferimento da candidatura daquele que está sendo acusado da prática dos crimes será feito pelo Tribunal Superior Eleitoral [TSE] e esse deferimento só vai ocorrer a partir de agosto. Não precisa esse alarde que se está fazendo agora, ainda dá um caminho processual muito grande a ser trilhado. Mas é preciso que a magistratura tenha condições de independência e tranquilidade", declarou Veloso. Com informações da Folhapress.

Em Brasilia gasolina 3,76 e em Juazeiro 4,60

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

marcio gasolina 1Os consumidores que estão atrás de gasolina mais barata não podem perder a oportunidade. Postos em vários pontos do Distrito Federal reduziram os preços e, melhor, não estão fazendo diferença se o pagamento for no dinheiro, no cartão de crédito ou no cartão de débito. No Lago Norte, o litro do combustível está a R$ 3,759.

Não por acaso, as filas nos postos são grandes. “Temos que aproveitar as oportunidades. Assim que o tanque do meu carro chega à metade, já vou ao posto abastecer. Faço isso sempre onde os preços estão mais baixos”, destaca o contador Luiz Guerra, 53 anos. “O bom é que tenho conseguido abastecer sempre com a gasolina abaixo de R$ 4”, acrescenta.

Para os consumidores, a preferência é pagar a gasolina com cartão de crédito. “Sempre priorizo os postos em que não há diferenciação de preços. Sinceramente, não sei o porquê de os postos diferenciarem preços. No cartão é muito mais seguro tanto para mim quanto para o posto. Mas parece que muitos estabelecimentos não veem assim”, comenta Sérgio Santo, 33, especialista em computação gráfica.

Os consumidores não acreditam muito que os preços mais baixos da gasolina vão permanecer nos atuais níveis por muito tempo. Atribuem isso à queda no consumo, uma vez que a cidade está vazia por causa do período de férias. “Assim que o movimento voltar ao normal, os preços vão subir de novo”, afirma Luiz Guerra. “Já estou me preparando psicologicamente.”

Segundo os especialistas, além do consumo menor, que aumenta os estoques nos postos, estão empurrando os preços dos combustíveis para baixo a queda do dólar e o comportamento menos volátil da cotação do petróleo no mercado internacional.

A Petrobras tem levado esses dois indicadores como parâmetro na hora de definir os preços nas refinarias. Desde julho do ano passado, os preços da gasolina já mudaram mais de 100 vezes, deixando os consumidores completamente perdidos.

Governo divulga resultado dos contemplados no Carnaval Pipoca, Pelô e Ouro Negro

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

 
thumbnail Foto Pedro Moraes GOVBA 1O governador Rui Costa divulgou em seus perfis oficiais no Instagram e Twitter, na manhã desta terça-feira (16), o resultado final das atrações selecionadas para a contratação nos meses de janeiro e fevereiro de 2018. O edital contempla os projetos Carnaval do Pelô, Carnaval Pipoca e Ouro Negro. A portaria está publicada na edição desta terça-feira (16) do Diário Oficial do Estado (DOE).
“Fico muito feliz em apoiarmos, por mais um ano, artistas e instituições tradicionais que contribuem para manter viva a história do Carnaval da Bahia”, comentou o governador.
Os proponentes habilitados e classificados dentro da disponibilidade de vagas deverão comparecer na sede da Secult, no Palácio Rio Branco, Praça Thomé de Souza, s/n - Centro – nos dias nos dias 22 e 23 de janeiro de 2018, das 09h às 12h e 14h às 17h, para a assinatura do Termo de Adesão, munidos dos documentos exigidos para assinatura, conforme item 5.6, da Portaria nº 178. O descumprimento às orientações da portaria implica no descredenciamento do respectivo grupo/projeto/artista/banda e convocação imediata do suplente da categoria, respeitada a ordem de classificação. O edital contempla as seguintes modalidades: projeto de três artistas para apresentação em conjunto no palco principal no Carnaval do Pelô, show musical individual em palco nos largos, bailes infantis, apresentações artísticas para as ruas do Centro Histórico, além dos microtrios e nanotrios do Carnaval Pipoca.

Carnaval do Pelô
Tido como o Carnaval mais diverso e democrático, sinônimo de alegria e boa música. Os artistas e bandas são contratados para shows nos Largos Pedro Archanjo, Quincas Berro D’Água e Tereza Batista. Os estilos afro, reggae, arrocha, pop rock, axé, antigos carnavais, samba, hip-hop, orquestra e guitarra baiana estão presentes na programação. E pelo terceiro ano consecutivo, os bailes infantis prometem animar a garotada com uma programação lúdica e variada. A programação vai contar com atrações como Africania, Pali OJC, Levi Barbosa, Vivendo do Ócio, Missinho, Lateral Elétrica, Aila Menezes, Baco Exu do Blues, Orquestra Popular de Maragojipe, Ligação 70 e o grupo infantil P.U.M.M. – Por um Mundo Melhor.
Sem abrir mão da tradicional festa de rua, também são contempladas bandas de sopro e percussão, bandinhas de percussão, bandinha de corda e percussão, bandão e performances para desfiles pelo Centro Histórico, lembrando o clima dos antigos carnavais.
Também são selecionados projetos compostos por três artistas diferentes, para participar da programação no palco principal do Largo do Pelourinho. Essa programação é marcada com inesquecíveis encontros musicais durante a folia. Entre os projetos participantes desta edição, o Afrobaile, com Afrocidade, Luedji Luna e Xênia França; a Folia Afro Brasileira, que reunirá Mateus Aleluia, Rita Benneditto e Ana Mametto; e o show 70 Carnavais, com Alexandre Leão, Moreno Veloso e Davi Moraes.
Carnaval Pipoca
Como destaques dos últimos anos, os microtrios e nanotrios do projeto Pipoca democratizam e agitam a folia dos circuitos Batatinha, Dodô e Osmar em desfiles sem cordas e mantém o espírito de acolhimento, o que tornou o Carnaval a maior festa popular do mundo. Entre os projetos selecionados para a folia, os microtrios Peixinho Elétrio, com Banda Marana, o Microtrio Ivan Huol, e Verlando Gomes no Rural Elétrica. E ainda nanotrios como Bicicletrio – Toca Raul, Peu Meurray e Coletivo Gente Boa se Atrai e o Rixô Elétrico.
Carnaval Ouro Negro 
A relação final de entidades carnavalescas de matrizes africanas e de manifestações tradicionais, habilitadas para a edição 2018 do projeto Carnaval Ouro Negro, foi definida após a análise dos últimos recursos. Ao todo, foram contempladas 92 entidades nas categorias: afro, afoxé, samba, reggae e de índio. Entre os credenciados, receberão o apoio blocos como Olodum, Ilê Aiyê, Cortejo Afro, Didá, Filhos de Gandhy, Alerta Geral, Alvorada, Aspiral do Reggae, Reggae O Bloco e Commanche do Pelô.
Iniciado em dezembro de 2017, ao todo foram recebidas 122 inscrições no processo de credenciamento. As entidades não contempladas no resultado parcial tiveram a oportunidade de apresentar recursos para regularizar a situação. As instituições contempladas foram aquelas que apresentaram todos os documentos necessários para a habilitação, regularizados, conforme exigido por meio da Portaria nº 195, de 15 de dezembro de 2017, que estabeleceu o credenciamento.
As entidades habilitadas devem comparecer para assinatura dos termos de compromisso, nos dias 16 e 17 de janeiro (terça e quarta-feira). Os representantes devem comparecer nestas datas, nos horários de 9h às 12h e das 14h às 17h, no Palácio Rio Branco, sede da Secult, localizado na Praça Thomé de Souza, s/n - Centro, CEP 40.020-10, Salvador – BA. Devem estar munidos da atualização das certidões de regularidade fiscal e comprovante bancário de conta corrente da entidade, sob pena de decair do direito à futura contratação e de descredenciamento.
Sobre o projeto
Criado em 2008, o projeto Ouro Negro oferece importantes subsídios para o apoio de agremiações de matrizes africanas e tradicionais dentro dos circuitos do Carnaval de Salvador. Desta forma, é promovida a preservação e valorização da presença destes blocos, com o desfile em alas e roupas tradicionais, assim como a maior participação da juventude, transmitindo o legado para as novas gerações. Dentro de suas comunidades, estas entidades contribuem para o desenvolvimento social através de projetos que estimulam a construção de uma cultura cidadã.

 

Secom