Rui é o governador que mais cumpriu promessas de campanha, aponta G1

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

thumbnail ManuDiasGOVBA006Rui Costa continua sendo o governador que mais cumpriu as metas de gestão entre os anos de 2015 e 2017, de acordo com levantamento nacional divulgado pelo portal G1 nesta terça-feira (2). Em três anos, ele executou 68 medidas, total ou parcialmente, o que corresponde a 59,13% do total prometido na campanha eleitoral de 2014. O G1 se baseou no programa de governo registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e em entrevistas e debates.

O desempenho de Rui o coloca à frente de todos os outros governadores quando analisada as promessas totalmente cumpridas. Com 47 ações totalmente executadas, Rui está à frente dos governadores de São Paulo (34 promessas cumpridas), Goiás (26), Maranhão (22) e Piauí (21). A média nacional de execução total das promessas, ainda de acordo com o portal G1, é de 32%. O desempenho de Rui o coloca 8% acima da média nacional, com 40,86% das 115 promessas totalmente executadas até 31 de dezembro de 2017.

 

Ranking por *números absolutos* de promessas cumpridas


*1º -  Bahia - 47*

2º - São Paulo - 34

3º - Goiás - 26

4º - Maranhão - 22

5º - Paraíba - 21

6º - Sergipe - 18

7º - Paraná - 16

8º - Rondônia  - 14

9º - Roraima - 12

10º Pará - 11 Amapá - 11

11º Espírito Santo - 10 Pernambuco - 10 Mato Grosso - 10

12º Mato Grosso do Sul - 9 Tocantins - 9 Rio Grande do Norte - 9

13º Alagoas - 8 Minas Gerais - 8

14º Ceará - 7 Rio Grande do Sul - 7

15º - Distrito Federal - 6

16º Santa Catarina - 4 Piauí - 4 Rio de Janeiro - 4

17º Acre - 2

18º - Amazonas - 18 promessas (nenhuma delas avaliada)

 

Secom/Foto: Manu Dias

 

Ivete Sangalo anunciou a contagem regressiva para o início de 2018

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

ivete2018Em sua última apresentação antes de se dedicar integralmente à gravidez e ao cuidado das gêmeas, Ivete Sangalo comandou com maestria a contagem regressiva para o início de 2018, na Arena Daniela Mercury. Deslumbrante em uma saia branca e Cropped prata brilhante, ela desejou a todos um ano de muito respeito, muita música, alegria, felicidade, saúde e uma vida de paz e de felicidade. "O homem é quem tem o poder de transformar. Se somos nós os homens, então vamos mudar hoje", disse.

A rainha da Axé Music abriu a apresentação poucos minutos antes da passagem de ano, com as músicas "Cheguei pra te amar" e "O farol". Projeções de uma mensagem especial da Prefeitura de Salvador desejou a todos paz, respeito, fé e exaltou a alegria única dos baianos, na hora da virada. "Que o nosso Senhor do Bonfim leve alegria para todos os cantos do planeta e que a alegria, enfim, prevaleça", finalizou a mensagem para uma arena lotada de soteropolitanos e turistas.

Um show de cores iluminou o céu da Orla da Boca do Rio, por pouco mais de 15 minutos, oriundos de 11 toneladas de fogos espalhados por 1.800 pontos de detonação, alguns deles próximos à arena. Nos minutos iniciais do ano, Ivete tocou novamente o barco com as músicas "Arerê" e "Tô na rua". Mesmo sentada, por causa do peso da barriga, Veveta balançou uma multidão que pulava, dançava e erguia os braços numa demonstração de um misto de celebração, alegria e emoção.

Outros bairros – A Saltur também promoveu a queima de fogos em mais 16 pontos da cidade, que contaram com seis toneladas de explosivos. Foram contemplados os bairros da Barra, Rio Vermelho, Amaralina, Jardim de Alah, Patamares, Itapuã, Boa Viagem, Ribeira e Paripe, além de Cajazeira 10, Santo Antônio Além do Carmo e Periperi. A atração também ocorreu nas ilhas de Paramana, Bom Jesus dos Passos, de Maré e de Santana.

Secretaria de Comunicação de Salvador

Novo salário minimo de R$ 954,00 entrou em vigor dia 1º

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

05341O novo salário mínimo começou a valer ontem (1º). Decreto assinado pelo presidente na sexta-feira (29) fixa o seu valor em R$ 954, um aumento de R$ 17. É o menor reajuste do salário mínimo em 24 anos. O valor é inferior ao estimado anteriormente pelo governo, que era R$ 965.

O reajuste foi mais baixo porque a fórmula de correção leva em conta a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Como o resultado do PIB de 2016 foi negativo, o reajuste do salário mínimo foi calculado apenas pelo INPC, estimado pelo governo em 1,81%.

Para o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o novo valor do salário mínimo para 2018 foi determinado pela aplicação da lei, e não por escolha política. “O salário mínimo basicamente está definido por lei. A questão é apenas como calcular exatamente a aplicação dos índices de inflação. Porque o salário mínimo é definido por crescimento do PIB e inflação. Então é meramente uma questão de definir esses itens”, disse Meirelles em outubro, ao participar de evento em São Paulo.

Cerca de 45 milhões de pessoas no Brasil recebem o salário mínimo, entre aposentados e pensionistas, cujos benefícios são, ao menos em parte, pagos pelo governo federal. A atual fórmula de reajuste do salário mínimo foi criada em 2012, ainda no governo da então presidente Dilma Rousseff, e deve valer até 2019. Como o reajuste ficou abaixo da estimativa anterior, o governo deve economizar cerca de R$ 3,3 bilhões em gastos este ano.

Agência Brasil

Dilma Rousseff poderá ser a candidata de Lula

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

dilma rousseff reeleita imagem para infografico 1414382068219 615x470Com a possibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não poder concorrer às eleições para o Planalto em 2018, o instituto Paraná fez uma pesquisa com outros nomes do PT na disputa. O levantamento revelou que a também ex-presidente Dilma Rousseff seria a candidata mais competitiva do partido.

De acordo com a pesquisa publicada pela coluna Radar da revista 'Veja', se Lula não concorrer, o deputado federal Jair Bolsonaro será o maior beneficiado. O ex-militar lidera em todos os cenários. Em um confronto com Dilma, que se revelou o nome mais promissor do PT, Bolsonaro venceria com 22,8%.

A ex-presidente aparece como segunda colocada na pesquisa, com 13,4% das intenções de voto. Ela está à frente de Geraldo Alckmin, que tem 8,7%, Ciro Gomes, com 7,7%, e Joaquim Barbosa, com 7,6%. O ex-ministro petista Jacques Wagner, por exemplo, cravou 3,9%. Sem a ex-presidente na disputa, Bolsonaro aparece com 23,2%. A segunda colocação ficaria com Marina Silva (14,8%).

Quando questionados quem seria o candidato mais forte sem Lula, 30% dos entrevistados apostam que Dilma herdaria os eleitores do padrinho político. O julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em segunda instância será realizado no 24 de janeiro pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre.

Fonte: NMB